Textos

Se não der certo


Sim! Se não der certo é provável que você nunca mais ouça seu cantor predileto sem lembrar dele. Talvez aquele sonho da padaria da esquina que vocês adoravam dividir perca metade do sabor e por um bom tempo você passará por aquela estação de metrô recordando os encontros que tiveram ali.

Olha, se não der certo você terá que engolir sua mãe dizendo que avisou e que nunca foi com a cara dele. Terá que lidar com os amigos mal informados perguntando “por que ele não veio?”. Precisará ser forte o bastante para vencer as datas felizes de outrora: dia dos namorados, aniversário de namoro, aniversário do primeiro beijo… Quem em sã consciência comemora o primeiro beijo?

Prepare-se. Prepare-se mesmo! Você precisará desviar das indiretas. “Vendiam felicidade. Era felicidade demais. Tava na cara que não ia dar certo!”.

Sim, sim. Se não der certo você terá que exercitar seu autocontrole e a mania de stalkear.

Se não der certo você vai sofrer. Terá olheiras. Perderá 4 quilos e talvez seja a única coisa positiva no meio de um milhão de dores apertando seu peito e sufocando sua alma.

Sua melhor amiga dirá que é exagero e que ninguém morre de amor. Você saberá que é exagero e mesmo assim vai odiá-la por não entender seu choro sentido.

Tem razão. Você tem toda razão! Se não der certo serão sessões e mais sessões de terapia, caixas e mais caixas de lenço, garrafas e mais garrafas de vinho vagabundo.

Se não der certo você odiará quaisquer músicas de amor sem final trágico. Odiará os casais da novela que dão certo. Odiará Marcelo Camelo e Mallu Magalhães.

Sim! Você terá a trabalheira de arrumar as coisas dele em caixas de papelão. Precisará reunir forças para buscar a sua caixa no apartamento dele e desejará morrer ao se deparar com uma morena abrindo a porta. Você a tratará mal e depois descobrirá que aquela é a irmã que você nunca conheceu. Você se culpará por tê-la alfinetado e depois se vangloriará por ter descontado na pobrezinha tudo o que não pode descontar nele.

Se não der certo. E é provável que não dê.
Mas o que eu mais desejo, o que eu desejo do fundo do coração, é que você se permita tentar.

O que faz a vida valer a pena é o que acontece entre o início e o fim. É tudo que eu não contei aqui.

Por: Flávia Queiroz